Aumentar Tamanho do Texto Tamanho do Texto Selecionado
HOME
Clique em um dos links abaixo
DESENVOLVIMENTO DA VISÃO
CONJUNTIVITES
ALERGIAS
TOXOPLASMOSE
RETINOBLASTOMA - VOCÊ ESTÁ AQUI
DOENÇAS INFECCIOSAS
AMBLIOPIA
CATARATA CONGÊNITA
GLAUCOMA CONGÊNITO
VISÃO SUBNORMAL
MÁ-FORMAÇÕES
LACRIMEJAMENTO
Clique em um dos links abaixo
PRINCIPAIS PROBLEMAS
RETINOPATIA DA PREMATURIDADE
EXAMES OCULARES
CIRURGIAS OCULARES
NOTÍCIAS
ARTIGOS
APRESENTAÇÃO A MÉDICA FALE CONOSCO ACESSO
Retinoblastoma

Principais sintomas da doença

O principal sintoma é a baixa visão que, quando ocorre nos dois olhos, pode ser percebida pelos pais da criança. O retinoblastoma também se manifesta através de um brilho branco semelhante ao do olho do gato (leucocoria), quando a pupila é submetida à luz artificial. Esta observação geralmente é feita pelos familiares. A criança com retinoblastoma pode ainda apresentar estrabismo (vesgueira) e aparência anormal do olho.

Fotos com flash podem denunciar a doença, quando os olhos não refletem a cor vermelha em um dos olhos ou em ambos. Nem todos os casos de ausência de reflexo vermelho, no entanto, ocorrem devido à presença de retinoblastoma. A catarata congênita e o glaucoma congênito, por exemplo, também provocam um reflexo branco através da pupila.

O Teste do Reflexo Vermelho, realizado pelos pediatras nos primeiros dias de vida da criança é um dos exames que podem diagnosticar a doença precocemente. O teste é obrigatório apenas em alguns Estados brasileiros. Por este motivo os pais têm papel fundamental na percepção de qualquer anormalidade e no encaminhamento urgente ao oftalmologista.

A avaliação oftalmológica periódica na infância é de grande importância para detectar o Retinoblastoma e outros problemas visuais que podem comprometer o desenvolvimento da criança e seu desempenho futuro.


Imprimir  


O conteúdo deste site tem fins informativos e não pretende
substituir a consulta ou tratamento oftalmológico
Política Copyright Sitemap Sintonia Comunicação