Aumentar Tamanho do Texto Tamanho do Texto Selecionado
HOME
Clique em um dos links abaixo
DESENVOLVIMENTO DA VISÃO
CONJUNTIVITES
ALERGIAS
TOXOPLASMOSE
RETINOBLASTOMA
DOENÇAS INFECCIOSAS
AMBLIOPIA
CATARATA CONGÊNITA
GLAUCOMA CONGÊNITO
VISÃO SUBNORMAL
MÁ-FORMAÇÕES
LACRIMEJAMENTO
Clique em um dos links abaixo
PRINCIPAIS PROBLEMAS
RETINOPATIA DA PREMATURIDADE - VOCÊ ESTÁ AQUI
EXAMES OCULARES
CIRURGIAS OCULARES
NOTÍCIAS
ARTIGOS
APRESENTAÇÃO A MÉDICA FALE CONOSCO ACESSO
Retinopatia da Prematuridade

Estádios da doença

Estádio 1
É uma linha demarcatória entre a retina vascular e a avascular (área que está se desenvolvendo, onde os vasos retinianos ainda não atingiram).


Estádio 2
A linha demarcatória vai aumentando e tornando-se uma prega.


Estádio 3
Inclui a neovascularização e/ou a formação de vasos extra-retinianos. A figura ao lado mostra o detalhe da tortuosidade vascular.
Esta tortuosidade e/ou hemorragia na retina são classificadas como “pluss disease”, e significa que a doença está ativa, em progressão.



Estádio 4
Descolamento subtotal da retina, mais as características do Estádio 3. Este Estádio ainda divide-se em:
-Estádio 4a: a mácula está colada
-Estádio 4b: a mácula está descolada

Na maioria dos casos as alterações regridem espontaneamente. Na figura ao lado houve uma regressão com importante tração dos vasos retinianos. Isto pode deslocar a mácula de sua posição, tendo consequências para a visão do bebê. Por isso é sempre importante medir a acuidade visual nos prematuros. Pode ser necessário o acompanhamento no setor de baixa visão ou visão subnormal.


Estádio 5
Retina totalmente descolada.



Imprimir  


O conteúdo deste site tem fins informativos e não pretende
substituir a consulta ou tratamento oftalmológico
Política Copyright Sitemap Sintonia Comunicação