Aumentar Tamanho do Texto Tamanho do Texto Selecionado
HOME
Clique em um dos links abaixo
DESENVOLVIMENTO DA VISÃO
CONJUNTIVITES
ALERGIAS
TOXOPLASMOSE
RETINOBLASTOMA
DOENÇAS INFECCIOSAS
AMBLIOPIA
CATARATA CONGÊNITA
GLAUCOMA CONGÊNITO
VISÃO SUBNORMAL
MÁ-FORMAÇÕES
LACRIMEJAMENTO
Clique em um dos links abaixo
PRINCIPAIS PROBLEMAS
RETINOPATIA DA PREMATURIDADE - VOCÊ ESTÁ AQUI
EXAMES OCULARES
CIRURGIAS OCULARES
NOTÍCIAS
ARTIGOS
APRESENTAÇÃO A MÉDICA FALE CONOSCO ACESSO
Retinopatia da Prematuridade

Quem precisa se submeter ao tratamento

Na maioria dos casos, a regressão espontânea da retinopatia da prematuridade é o curso normal da doença. Porém a criança que tem Estádio 3, tortuosidade vascular numa extensão de 5 horas contínuas ou 8 horas descontínuas, necessitam de tratamento (crioterapia ou laser).

O importante para os pais é saber que, se o oftlamologista surpreende a retinopatia no Estádio 3, tem grandes esperanças de tratar o problema sem deixar sequelas visuais importantes.

Este período delicado ao desenvolvimento da retina acontece até o terceiro ou quarto mês do nascimento, por isso um único exame não garante a prevenção. O primeiro exame após este período não é mais preventivo porque o descolamento de retina (que pode levar à cegueira) já pode ter ocorrido.

Nossa conduta é observar a criança até o sexto mês, acompanhando o crescimento da retina até a “ora serrata”.


Imprimir  


O conteúdo deste site tem fins informativos e não pretende
substituir a consulta ou tratamento oftalmológico
Política Copyright Sitemap Sintonia Comunicação