Aumentar Tamanho do Texto Tamanho do Texto Selecionado
HOME
Clique em um dos links abaixo
DESENVOLVIMENTO DA VISÃO
CONJUNTIVITES
ALERGIAS
TOXOPLASMOSE
RETINOBLASTOMA
DOENÇAS INFECCIOSAS
AMBLIOPIA - VOCÊ ESTÁ AQUI
CATARATA CONGÊNITA
GLAUCOMA CONGÊNITO
VISÃO SUBNORMAL
MÁ-FORMAÇÕES
LACRIMEJAMENTO
Clique em um dos links abaixo
PRINCIPAIS PROBLEMAS
RETINOPATIA DA PREMATURIDADE
EXAMES OCULARES
CIRURGIAS OCULARES
NOTÍCIAS
ARTIGOS
APRESENTAÇÃO A MÉDICA FALE CONOSCO ACESSO
Ambliopia

Como é o tratamento com tampão

O tratamento da ambliopia pode ser de várias formas. No caso do tampão adesivo, fecha-se o olho normal e coloca-se um tampão que adere firmemente à pele, não deixando a luz entrar. Dessa forma o olho com ambliopia tem oportunidade de assumir melhor fixação e se encarregar totalmente da visão.

O tampão com adesivo é utilizado de preferência no início do tratamento da ambliopia e nos casos de ambliopia severa, isto é, com visão abaixo de 20/100 (a visão normal é 20/20).

Existem casos em que os dois olhos têm ambliopia, sendo que um olho tem a visão pior que o outro. Nesse caso, o oftalmologista fará o exame completo buscando as causas e, se for o caso, irá prescrever a correção (óculos). Se o problema persistir depois do uso dos óculos por 30 dias, o tampão será prescrito. Geralmente a prescrição do tampão é feita em regime de alternância. Ou seja, fica mais tempo sobre o olho de melhor visão e menos tempo no olho de visão pior. O tempo normalmente é regulado de acordo com a idade do paciente. Se a criança tem três anos prescreve-se três dias no olho de melhor visão e um dia no olho de pior visão.

O tampão pode ser em regime total ou parcial. Este critério é muito subjetivo e o médico vai optar por um ou outro conforme a ambliopia, a idade da criança e suas atividades, além de levar em conta se ela já vinha fazendo o tratamento, se tem estrabismo, nistagmo associado, entre outros.

Tipos de tampão

Os tampões que aderem nos óculos, como os de silicone ou de E. V. A, são normalmente preferidos em casos de alergia ao tampão adesivo, ou quando pais e paciente já estão mais familiarizados com o problema. É importante ter certeza que o paciente não vai tirar os óculos para olhar por cima ou por baixo, comprometendo o tratamento.

Em nosso país não contamos com tampões oculares com motivos mais alegres, ornados com figurinhas ou outros atrativos. Na sua maioria, eles são bem sisudos. O tampão de E. V. A. está agradando muito os pequenos clientes porque eles podem escolher a cor combinando com a roupa que usam.

Tanto o tampão de silicone como o de E.V.A. exigem óculos para firmá-los na haste e na lente respectivamente. Infelizmente apenas o tampão adesivo não exige óculos para servir de suporte. O tratamento da ambliopia com tampão, sem duvida, é bastante penoso tanto para o pequeno paciente quanto para os pais. O adesivo pode provocar muita irritação na pele por alergia ou devido à necessidade de repetir o ato de colar e descolar, problema que tende a se agravar nas regiões mais quentes do Brasil. Porém, com uma boa explicação do oftalmologista, bom entendimento e tratamento levado a sério, os resultados são promissores.

Autor: Dra. Lígia Beatriz Bonotto
Data: 25/9/2007


Imprimir  


O conteúdo deste site tem fins informativos e não pretende
substituir a consulta ou tratamento oftalmológico
Política Copyright Sitemap Sintonia Comunicação