Aumentar Tamanho do Texto Tamanho do Texto Selecionado
HOME
Clique em um dos links abaixo
DESENVOLVIMENTO DA VISÃO
CONJUNTIVITES
ALERGIAS
TOXOPLASMOSE - VOCÊ ESTÁ AQUI
RETINOBLASTOMA
DOENÇAS INFECCIOSAS
AMBLIOPIA
CATARATA CONGÊNITA
GLAUCOMA CONGÊNITO
VISÃO SUBNORMAL
MÁ-FORMAÇÕES
LACRIMEJAMENTO
Clique em um dos links abaixo
PRINCIPAIS PROBLEMAS
RETINOPATIA DA PREMATURIDADE
EXAMES OCULARES
CIRURGIAS OCULARES
NOTÍCIAS
ARTIGOS
APRESENTAÇÃO A MÉDICA FALE CONOSCO ACESSO
Toxoplasmose

Bebês com lesões na retina por toxoplasmose

A maioria das gestações são uma surpresa para os casais, mas se for possível planejar a sua, inclua consultas ao oftalmologista ou solicite a sorologia para toxoplasmose entre os preparativos.

Caso a toxoplasmose ocorra durante a gravidez, mamães e bebês podem ser seriamente afetados tanto pelo parasita, quanto pelos remédios utilizados para conter a doença. No caso da visão, os danos podem ser irreversíveis.

Bebês que nascem com lesões na retina causadas por toxoplasmose congênita precisam do diagnóstico médico imediato, para que se estabeleça a extensão dos danos na região macular.

Existem casos extremamente graves, com o acometimento da retina de ambos os olhos e severo transtorno do sistema nervosos central. Estas crianças deverão ser acompanhadas por uma equipe multidisciplinar, que além do oftalmologista, inclui neurologista, otorrinolaringologista, fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais – em algumas situações, o tratamento segue ao longo da vida.

O início precoce da estimulação visual previne as dificuldades que a criança afetada pode vir a ter por não enxergar com toda a nitidez. Isto ajuda a posicionar a família dentro da realidade visual da criança e das necessidades que ela terá durante seu processo de aprendizagem.


Imprimir  


O conteúdo deste site tem fins informativos e não pretende
substituir a consulta ou tratamento oftalmológico
Política Copyright Sitemap Sintonia Comunicação